Carboxiterapia: o uso do gás carbônico contra estrias, celulites e gorduras localizadas

Sendo realizada desde 1777, a carboxiterapia (ou CO²terapia) é um tratamento realizado através da inserção de gás carbônico em diferentes camadas da pele, causando a melhora da circulação celular e a oxigenação dos tecidos.

É uma técnica que pode ser usada em muitas áreas do corpo e apresenta resultados diferentes em cada uma delas, por exemplo: quando aplicada no rosto, aumenta a produção de colágeno, diminuído rugas e linhas de expressão; quando aplicada nas nádegas, reduz a celulite e combate a gordura localizada.

Durante o processo, a entrada do gás carbônico sob a pele pode ser dolorida, pois causa um pequeno descolamento da pele. Porém, os profissionais sabem como funciona o processo e iniciam o tratamento com doses menores de gás, a fim de que o paciente vá se acostumando aos poucos com a técnica.

Como funciona a Carboxiterapia?

O funcionamento da carboxiterapia está diretamente ligado ao problema que tem de ser resolvido. O procedimento é indicado para os seguintes problemas:

  • Celulite: graças ao aumento da circulação no local, o inchaço é reduzido e é proporcionada a queima da gordura da celulite;
  • Estrias: com o aumento da produção de colágeno, os tecidos são alongados, acabando com as estrias;
  • Gordura localizada e flacidez: também graças ao aumento da circulação sanguínea, é realizada a queima de gordura.

A quantidade de sessões que devem ser realizadas depende da meta de cada indivíduo, mas geralmente são feitas dez sessões com um intervalo de 15 dias entre elas.

Entre já em contato e agende sua avaliação gratuita: (19) 3041-4331 WhatsApp (19) 99999-0665

Fontes:

CABRAL, Eduardo. Carboxiterapia. Disponível em: <http://www.dreduardocabral.com.br/carboxiterapia/>. Acesso em 23 fev. 2017.

PINHEIRO, Marcelle. Carboxiterapia elimina gordura e celulite. Disponível em: <https://www.tuasaude.com/carboxiterapia/>. Acesso em 23 fev. 2017.

2017-11-29T17:40:29+00:00